SISU

Criado há quase 10 anos pelo Ministério da Educação (MEC), o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um sistema de seleção de candidatos para as universidades públicas sem intermédio de vestibulares.

Aluno realizando inscriçao no site do Sisu
Aluno realizando inscrição no site do Sisu (link).

Sisu / Inscrições

Ademais, O processo seletivo se utiliza apenas da nota do Enem do candidato para permitir acesso ao programa.

Contudo, A participação no Sisu é gratuita e o candidato tem duas chances ao longo do ano, começo e na metade dele.

Entretanto, Os estudantes terão acesso às universidades (link) que fizeram a adesão do programa, cedendo bolsas parciais e integrais percentualmente ao número de vagas total na instituição.

Além disso, Quanto maior o número da sua nota no Enem, maior a sua chance de garantir uma vaga dentro do Sisu.

Além do mais, O critério exigido para se candidatar ao Sisu é o participante ter feito o Enem no ano anterior.

Porém, A redação não pode estar zerada, sendo um impedimento à candidatura.

Todavia, Fora isto, não há restrições quanto a idade ou o valor da renda familiar.

Algumas universidades podem exigir uma nota mínima do candidato para a escolha de alguns cursos (link).

Não é algo obrigatório, ficando a critério delas.

Ressalto que os bolsistas do Programa Universidade (link) para Todos (Prouni) também podem se inscrever no Sisu.

Caso sejam selecionados, deverão escolher apenas um dos programas, visto que não é permitido acumular os programas.

1. Cursos oferecidos

Os interessados em ingressar no programa do Sisu terão acesso a vários cursos ofertados pelas instituições.

Contudo, Os mesmos poderão escolher entre três modalidades de ensino, sendo elas:

  • Bacharelado: voltado para os formandos iniciais, essa modalidade de ensino visa amplificar o conhecimento necessário para a área que o estudante pretende exercer. A modalidade de ensino pode levar até 6 anos para ser concluída.
  • Licenciatura: embora essa modalidade de ensino seja bastante parecida com o bacharelado quanto à base, ela possui exercícios e matérias mais específicas. Isso porque visa habilitar o estudante a exercer a profissão de professor na educação básica. Geralmente, dura em torno de 4 anos até sua conclusão.
  • Tecnólogo: os cursos técnicos duram, em média, entre 2 a 3 anos. Desse modo, os estudantes têm acesso a uma metodologia de ensino mais concentrada. Os cursos tecnólogos são procurados por pessoas que buscam agilidade na formação e, ainda assim, qualidade no ensino.

2. Como se inscrever

O processo de inscrição do Sisu é totalmente informatizado.

Entretanto, Ainda que seja composto por várias etapas, o passo a passo das inscrições é bem simples:

  • 1°: Antes de tudo, é preciso estar atento ao calendário de inscrições e ter em mãos o número de inscrição e senha do Enem anterior. Esses são os primeiros dados exigidos pelo site.
  • 2°: Ao inseri-los, verifique se os dados que aparecem na tela estão corretos. Caso seja necessário, você pode alterá-los conforme a necessidade (número de telefone, por exemplo).
  • 3°: Após isso, dirija-se até o botão “Minha inscrição”. Nesta parte você pode escolher até dois cursos diferentes. Atenha-se nessa parte, já que será o caminho pelo qual acompanhará sua inscrição.
  • 4°: Na barra de pesquisa, você digitará o curso (link) de sua escolha. Você pode utilizar o nome do curso, instituição de ensino ou município para refinar a busca.
  • 5°: Ao encontrar o curso que deseja, clique nele para observar detalhes, como a quantidade de vagas e modalidades que estão disponíveis. O processo continua.
  • 6°: Verifique a modalidade que se adeque a sua rotina e clique em “Escolher esta modalidade”.
  • 7°: Verifique todos os dados do curso escolhido e preste atenção na documentação exigida para a matrícula. Caso seja selecionado, clique em “Confirmar minha inscrição”.

Além disso, Acesse o botão “Minha inscrição” para conferir o processo de participação até agora.

Além do mais, Enquanto o período de inscrições não for fechado, você pode alterar o curso quantas vezes quiser.

Porém, A última opção será a validada pelo sistema.

3. Bolsas

O Sisu em si não oferece bolsas de estudos aos estudantes como outros programas.

Além disso, Basicamente, ele serve como ponte para que os candidatos tenham acesso às vagas disponíveis pelas redes de Ensino Superior.

Além do mais, os candidatos terão a chance de pleitear uma vaga utilizando a nota do Enem como passagem.

Porém, É isso que o difere do programa Quero Bolsa.

Todavia, Enquanto o primeiro se utiliza de um processo seletivo para permitir a entrada do estudante na universidade através do Enem, o segundo segue outro caminho.

Ademais, No programa Quero Bolsa, você faz a sua pré-matrícula pela internet, sem a necessidade de comprovar a renda.

Por fim, Após preencher todos os campos, você imprime o comprovante de matrícula e o leva até a instituição para validar o cadastro e garantir o desconto.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!