Minha casa minha vida – programa e cadastro minha casa minha vida

Ter a casa própria é desejo de muitas pessoas, e como forma de ajudar e facilitar o acesso a sua própria casa, o Governo Federal criou o programa Minha Casa Minha Vida (link). Que facilita e financia a compra de casas e apartamentos a preços populares. Para fazer parte do programa os interessados precisam atender a alguns pré-requisitos e fazer o cadastro na prefeitura da sua cidade. Quer entender tudo sobre o programa e aprender a se inscrever? Continue lendo que vamos ensinar o passo a passo como aproveitar esse programa.

Minha casa minha vida - programa e cadastro minha casa minha vida

Quem pode participar do Minha casa minha vida 2019?

O minha casa minha vida (link) é um dos vários programas da iniciativa caixa habitação, que oferece facilidades para quem quer adquirir um um imóvel próprio.Qualquer pessoa que tenha renda de até R$6.500  por mês pode ter o financiamento (link) de um imóvel pelo minha casa minha vida. O subsídio do Governo Federal pode chegar até 90% do valor do imóvel, de acordo com a faixa de renda que cada um se encontra.

Entre os requisitos principais é necessário que:

  • Não tenha imóvel em seu nome ou do cônjuge
  • Não ter benefícios habitacionais oferecido pelo Governo
  • Não ter outros financiamentos de imóveis ou material de construção
  • Ter mais de 18 anos
  • Renda fixa própria ou da família

Faixas de rendas

O valor subsidiado pelo Governo Federal varia de acordo com a faixa salarial de cada pessoa. Mas o valor das parcelas do financiamento nunca é mais do que 10% do salário, para que assim não comprometa a renda mensal.

  • Faixa 1: Até R$1800- Tem 90% de subsídio pelo programa, além disso, tem juros mais baixos.
  • Faixa 1.5: De R$1801 a R$2350,00 – Pagamento pode ser feito em até 30 anos, e o valor subsidiado é de até R$ 45 mil para imóveis de até R$ 135 mil.
  • Faixa 2: De R$2.351 a R$3.600 – Prazo de 30 anos, valor do subsídio depende do valor do imóvel.
  • Faixa 3: De R$3.601 a R$6.500 – Taxa de juros de 8,16% ao ano, 30 anos para pagar.

Como é feita a inscrição

Que está na faixa 1 de salário, ou seja, até R$ 1800 reais, pode fazer o cadastro diretamente na prefeitura da sua cidade. Já para as outras faixas salariais o cadastro é feito na Caixa Econômica Federal (link).  Ao se inscrever é necessário levar os documentos pessoais de quem for o titular do financiamento, além dos documentos do cônjuge e de todos os menores de 18 anos que residam na casa.

Deveres do Minha Casa Minha Vida

Quem é contemplado com o financiamento do Minha Casa Minha Vida, precisam seguir algumas regras.  Por exemplo, quem atrasar até duas parcelas pode perder a sua casa, mesmo já tendo pago outras parcelas. Além disso, depois de pronto os imóveis é necessário mudar em no máximo 30 dias para não perder o direito àquela casa ou apartamento.  Quem é casado pode fazer um contrato em conjunto com outros membros da família, mas em caso de separação o financiamento deve continuar sendo pago normalmente.  Famílias da Faixa 1 não podem vender seus imóveis enquanto não quitarem todas as parcelas.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!