Lúpus – qual o melhor tratamento para Lúpus?

O lúpus é uma doença classificada como autoimune porque atinge o sistema imunológico, atacando, por engano, tecidos saudáveis do corpo. Ele acontece com mais frequência em mulheres de 15 a 40 anos, mas pode surgir em qualquer idade. Pessoas afro-americanas (link), hispânicas e asiáticas estão entre as mais propensas a desenvolverem a enfermidade.

Continue lendo esse artigo para saber as principais causas, os sintomas recorrentes e como acontece o tratamento (link) do lúpus.

Quais as causas do Lúpus?

A doença é caracterizada por um ataque anormal que o sistema imunológico faz destruindo os próprios tecidos saudáveis do corpo. A medicina ainda não encontrou uma explicação completa que justifique esse comportamento fora do comum, mas a razão mais provável é que seja uma soma de fatores ambientais e genéticos.

Esses fatores estariam relacionados à própria genética da pessoa. Isso faz, por exemplo, com que mulheres tenham mais chances de ter lúpus do que homens e que pessoas afro-americanas, hispânicas e asiáticas também estejam entre os grupos de risco. Já os fatores ambientais, possivelmente, estão associados à exposição à luz do sol e ao uso de determinados medicamentos (link) de controle de pressão alta e convulsões e alguns tipos de antibióticos.

Quais os sintomas do Lúpus?

Os sintomas do lúpus se dão de formas variadas nos pacientes: podem se desenvolver de maneira lenta ou aparecer de repente, podem durar pouco tempo ou serem permanentes e ainda podem ter gravidade média ou mais intensa.

A doença se manifesta em três tipos diferentes:

  • Discoide: o órgão afetado é a pele que apresenta lesões avermelhadas na nuca, no rosto e no couro cabeludo;
  • Sistêmico: variados órgãos são atingidos e os sintomas são diversos dependendo das partes afetadas;
  • Induzido por drogas: a inflamação acontece por meio do uso de determinados medicamentos e é temporária já que ao suspender as drogas, os sintomas desaparecem.

Apesar de o lúpus poder afetar todos os órgãos do corpo, ele atinge principalmente os rins, o cérebro, a pele e as articulações. Os sintomas que aparecem estarão diretamente relacionados com as partes afetadas. Os principais são:

  • Coloração diferente na pele;
  • Forte sensibilidade à luz solar e o aparecimento de lesões;
  • Coração com ritmo cardíaco anormal;
  • Dor nas articulações (link), no peito (especialmente em uma inspiração profunda), dor abdominal e dor de cabeça;
  • Dificuldade para respirar;
  • Fadiga;
  • Problemas de visão;
  • Ansiedade e alterações de personalidade.

Qual o melhor Tratamento para o Lúpus?

Como os sintomas do lúpus são muito instáveis e variam de intensidade e duração e inclusive de acordo com cada paciente, o diagnóstico é difícil. Alguns exames que ajudam a detectá-lo são: exame de urina, de sangue completo, de anticorpos e radiografia do tórax.

Como ainda não existe uma cura para a doença, o tratamento é feito com o objetivo de controlar os sintomas e inclui desde o uso de protetores solar, antiinflamatórios e droga antimalárica para os casos brandos a altas doses de corticoides e drogas para impedir o desenvolvimento celular (link), em casos graves.

O acompanhamento médico especializado é fundamental para que o paciente tenha uma boa qualidade de vida e consiga conviver com a enfermidade da melhor maneira possível.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!