Caxumba – sintomas e tratamentos caxumba

publi

A caxumba é uma das doenças que faz parte do calendário de vacinação das crianças. Isso fez com que ela fosse, quase que erradicada, mas atualmente tem aparecido alguns casos. Veja como é essa doença.

Sintomas da Caxumba

A caxumba é uma doença conhecida por deixar o pescoço inchado, às vezes dá só de um lado do pescoço ou nos dois lados ao mesmo tempo. A caxumba é infecciosa que infecciona as glândulas parótidas, as glândulas linguais e as glândulas submaxilares. Geralmente a caxumba ocorre em crianças e quase sempre no inverno ou quando está iniciando a primavera. A caxumba é uma doença benigna, mas em algumas vezes pode ocorrer complicações, como inflamar os ovários nas mulheres, ou infeccionar os testículos nos homens, o que pode ocasionar infertilidade em ambos os casos. Pode também ocorrer surdez, meningite asséptica, neurite e pancreatite. A caxumba pode ficar encubada entre 15 e 25 dias. Os sintomas da caxumba são:

publi
  • – Febre;
  • – Dor ao engolir;
  • – Mal estar;
  • – Inchaço na parótida acompanhado de dor;

Quando ocorre complicações os sintomas são mais intensos e o paciente deve ser levado ao médico imediatamente. Veja os sintomas:

  • – Testículos doloridos e inchados;
  • – Inchaço e dor nos ovários;
  • – Náuseas;
  • – Vômitos;
  • – Rigidez na nuca;
  • – Dor de cabeça;
  • – Cansaço e desânimo.

Causas da Caxumba

A Caxumba é uma doença viral, por isso ela pode ser transmitida através das secreções do nariz, da boca. A transmissão da doença pode ocorrer de dois dias antes de aparecer os sintomas, até nove dias depois deles aparecerem no organismo. Uma vez que a pessoa tem a caxumba, dos dois lados, raramente ocorrerá de contrair a doença novamente. Depois de infectada a pessoa passa a ter imunidade contra a doença.

publi

Tratamento da Caxumba

O diagnóstico da caxumba é feito através de exames clínicos realizado por um médico. Também é possível diagnosticar a doença através de exames de sangue que detectam anticorpos contra o vírus da doença no sangue. Esse tipo de exame só é realizado, quando for necessário ter certeza do diagnóstico da caxumba. Existe a vacina contra a doença que é feita com o vírus vivo. A vacina faz parte do calendário de vacinação das crianças e está associada às vacinas de doenças como rubéola e sarampo. As três vacinas juntas fazem parte da “Tríplice Viral”. A primeira dose da vacina é administrada em crianças com um ano de idade a segunda dose devem ser administrada entre 4 e 6 anos.

Não existe um tratamento específico para a caxumba, mas sim para os sintomas, como analgésicos para a dor e antitérmicos para a febre. Uma receita caseira bem legal para desinchar e aliviar a dor para poder engolir é mascar chiclete. A caxumba já não aparece com tanta frequência, como nos anos 70 e 80, desde as campanhas de vacinação a doença vem sendo controlada e cada vez menos casos aparecem anualmente. É importante manter o calendário de vacinação das crianças sempre em dia para evitar que contraia doenças.

publi

Importante

  1. Este artigo é de caráter educativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!

Por favor, aguarde…

0