Calvície

Para evitar a calvície existem inúmeras dicas, como evitar usar chapéu, usar máscara de ovo, cortar o cabelo na lua crescente, entre muitas outras, que não passam de crendices populares.

Homem exibe falhas no cabelo decorrente da calvície
Homem exibe falhas no cabelo decorrente da calvície (link).

Calvície / Masculina

No entanto existem tratamentos (link) eficazes realizados por profissionais da área para a calvície.

1. Sintomas

A calvície se denomina pela falta de cabelo na cabeça, ela começa aos poucos e segue até a perda total.

A queda de cabelo (link) nos homens é mais comum na parte de cima da cabeça, alguns ficam com entradas nas laterais e outros perdem todo cabelo na parte de cima da cabeça.

sintoma comum

O sintoma mais comum da calvície é a queda de cabelo, que começa aos poucos e se torna progressiva.

É importante observar se o cabelo está ficando ralo e o couro cabeludo está aparecendo.

Para tanto basta fazer o teste do espelho ou da fotografia da cabeça, pois com a tecnologia de hoje, com o celular você pode tirar uma foto da cabeça e depois olhas se tem falhas de cabelo.

2. Causas

A calvície pode surgir por vários fatores, mas o mais predominante é a genética, hereditariedade, que passa de pai para filho, ou de mãe para filha, pois as mulheres também podem ficar calvas.

A calvície mais comum é a dos homens, conhecida como alopecia androgenética, principalmente em homens de ascendência europeia.

Hoje em dia é possível obter tratamento (link) para a calvície, mas estudos relatam, que são poucos que buscam por tratamento.

O que ocorre para acelerar a queda dos cabelos é que a testosterona minimiza os fios de cabelo na cabeça dos homens que são propensos a terem calvície.

hormônio DHT

O hormônio DHT (Di-hidrotestosterona) é o responsável pela calvície, uma vez que o mesmo é 5 vezes mais forte que o hormônio testosterona.

O que faz com que a perda de cabelo não seja parelha é que esse hormônio está distribuído de forma irregular no couro cabeludo.

A calvície pode afetar homens a partir dos 30 anos, dependendo da sua genética e do tipo de alimentação, bem como tabagismo, estresse, entre muitos outros fatores.

É importante identificar a causa da calvície para depois tratar.

Existem vários exames que podem ser feitos para encontrar a causa do problema e poder tratar da maneira correta.

3. Tratamentos

A calvície é um problema mais comum entre os homens, no entanto, não existem tratamentos extremamente eficazes, o que pode ocorrer é tratar para retardar a calvície, através de tratamento correto.

Porém é preciso iniciar a tratar a calvície, quando for genética, 10 anos antes da idade em que o seu pai começou a ficar calvo, ou ficou calvo.

Para saber basta ver as fotografias ou perguntar para a família.

Quando o tratamento é feito da maneira correta é possível amenizar o problema e até mesmo retardar.

loções e shampoos

No início será indicado que use produtos de uso tópico, como loções para aplicar no couro cabeludo e shampoos adequados.

Como a calvície é um problema crônico que vai progredindo lentamente é preciso tratar por muitos anos.

Em alguns casos é necessário fazer uso de medicamentos (link) orais, mas desde que o paciente esteja de acordo com o tratamento.

Em últimos casos o paciente pode optar pelo transplante capilar, mas é preciso consultar o seu médico.

Importante

  1. Este artigo é de caráter informativo/explicativo e todas as informações aqui contidas foram pesquisadas na internet. Portanto, algumas informações podem sofrer alterações ao longo do tempo, ou seja, recomendo que você consulte diretamente as empresas/produtos mencionadas(os) para sanar qualquer tipo de dúvida.
  2. As imagens e fotos aqui contidas são meramente ilustrativas, e os direitos das mesmas são reservados ao seus respectivos autores.
  3. Esperamos que o conteúdo tenha sido de bom agrado e agradecemos a visita desde já, um grande abraço!