Como Receber o Benefício do Abono Salarial

publicidade

Como receber Guia passo a passo “Abono Salarial 2022”. Sim, o PIS Pasep liberou, agora no aplicativo (app) você tem a opção de: Consultar o seguro-desemprego; Ver o extrato do benefício com o NIS; Consultar o abono salarial do PIS Pasep; Ver o saldo disponível no CPF com o NIS; Consultar o calendário de pagamento do benefício; e outras consultas com CPF/NIS. Graças ao abono salarial, os trabalhadores em condições específicas possuem mais um salário mínimo para equilibrar as suas contas. Os cadastrados no PIS/Pasep contam agora com o aplicativo (app) do abono salarial para consultar o calendário e quando podem sacar.

Quem pode receber Antes de utilizar o aplicativo (app) do abono salarial é preciso saber se você atende os requisitos necessários. As condições para quem pode receber o abono salarial são: Por pelo 30 dias, consecutivos ou não, ter trabalhado formalmente. Além disso, ter recebido um salário médio mensal de até dois salários mínimos no ano-base; Ser cadastrado no PIS/Pasep por, no mínimo, 5 anos; Empregador contribuinte do PIS/Pasep e informando corretamente os dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

publicidade

Como solicitar Após fazer a consulta pelo aplicativo (app) do abono salarial e confirmar a entrada do benefício, hora de se dirigir ao saque. Trabalhadores de empresas privadas e que possuam inscrição no PIS receberão diretamente na Caixa. O saque do abono será feito mediante cartão do cidadão e senha previamente cadastrada. O beneficiário pode se dirigir aos próprios terminais de autoatendimento da Caixa ou mesmo na casa lotérica. É preciso ter em mãos o número do NIS (PIS/Pasep) consigo. Se for necessário, pode ter informações sobre o PIS através do fone 0800 726 0207. Ou pode acessar o https://www.caixa.gov.br, em Consultar na aba “Pagamento”.

Pasep Já os servidores públicos que possuem direito ao Pasep recebem por meio do Banco do Brasil. É recomendável que os servidores se mantenham atentos a qualquer depósito automático em suas contas do BB. Mas se isso não tiver acontecido, precisa se dirigir até uma agência e apresentar o seu documento de identificação. Para ter mais informações sobre o Pasep, ligue para o 0800 729 0001.

publicidade

Consultar pagamento A consulta pelo aplicativo (app) do abono salário se resume a um acesso facilitado e até cômodo. Sem ele até notamos alguns desvios ou atrasos na busca de simples informações em tempos passados. Para consultar o seu abono com a ajuda do aplicativo (app) basta:

  1. Baixar e instalar o aplicativo (app) Caixa Trabalhador em seu celular. A ferramenta está disponível aos sistemas Android e IOS. Assim que concluir o download, clique em “Acessar”;
  2. Após realizar o seu cadastro (daremos um passo a passo bem simplificado mais à frente), selecione o botão “PIS/ABONO SALARIAL/ RENDIMENTOS/ COSTAS”. Aqui descobrirá se o benefício foi disponibilizado, podendo também consultar o seguro desemprego.

Se o benefício estiver liberado, os dados necessários à consulta serão exibidos.

publicidade

Calendário de pagamento O calendário de pagamento do abono é construído segundo o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, o CODEFAT. É o gestor do FAT, o fundo que custeia o seguro-desemprego e o abono salarial. Aos trabalhadores da iniciativa privada que são ligados ao PIS, o pagamento é liberado de acordo com o mês de nascimento. Quem nasceu entre julho e dezembro o pagamento será feito no segundo semestre de 2022. Já para quem nasceu entre janeiro e junho, será feito nos primeiros meses de 2022.

Funcionários públicos Para os funcionários públicos ligados ao Pasep, o critério para pagamento é o último número de sua inscrição. As datas seguem de maneira semelhante à liberação do PIS, com poucas alterações entre elas e seguindo até 2023.

Abono Salarial Para que consulte o calendário através do aplicativo (app) do abono salarial, basta selecionar a aba “Calendários” na parte inferior. Feito isso, “Calendário PIS/ Abono Salarial”. O valor do abono se encontra na opção “Valor do abono salarial” na mesma aba.

  • Quem trabalhou um mês deve receber — R$ 100;
  • Quem trabalhou dois meses deve receber — R$ 200;
  • Quem trabalhou três meses deve receber — R$ 300;
  • Quem trabalhou quatro meses deve receber — R$ 400;
  • Quem trabalhou cinco meses deve receber — R$ 500;
  • Quem trabalhou seis meses deve receber — R$ 600;
  • Quem trabalhou sete meses deve receber — R$ 700;
  • Quem trabalhou oito meses deve receber — R$ 800;
  • Quem trabalhou nove meses deve receber — R$ 900;
  • Quem trabalhou dez meses deve receber — R$ 1.000;
  • Quem trabalhou onze meses deve receber — R$ 1.100;
  • Quem trabalhou doze meses deve receber — R$ 1.212.

Últimas Notícias Segundo o jornal G1, o governo liberou os pagamentos do abono salarial PIS. De acordo com o G1, o trabalhador receberá somente a partir de janeiro de 2022. Além disso, é possível que o governo venha a pagar o valor DOBRADO.

Baixar aplicativo Após conhecer os caminhos, hora de entender a porta que leva a todos eles. O aplicativo (app) do abono salarial possui uma interface bem fácil de ser utilizada. Para baixá-lo, basta:

  • 1°: Procurar o aplicativo (app) Caixa Trabalhador em sua loja virtual. O mesmo se encontra disponível para os sistemas Android e IOS;
  • 2°: Após instalá-lo, abra o app e insira o número do seu CPF ou NIS no campo indicado. Entrando com as informações do CPF ou NIS o sistema automaticamente mostrará as informações referentes ao seu cadastro. Contudo, até aqui, nenhum valor será exibido. Caso seja o seu intuito, precisa cadastrar um senha para acesso;
  • 3°: Caso já tenha a senha, clique em “Ver valores” logo abaixo do seu nome. Logo as informações serão mostradas em detalhes e sempre que necessitar.

A proposta do aplicativo (app) do abono salarial é dar mais controle, assistência e comodidade a todos os beneficiários cadastrados.

Por meio dele você tem acesso as informações necessárias para garantir e conquistar um direito que é seu. Agora que sabe como funciona, não perca mais tempo e faça a sua consulta.

Referências Site oficial da Caixa econômica federal http://www.caixa.gov.br